Driving Lessons

14 Aug

She drinks. He rides. Together it’s a trip of a lifetime

AMAZING! Eu simplesmente não sei qual filme eu gostei mais, mas por enquanto Driving Lessons está vencendo. Enquanto December Boys apela para um lado mais emocional e usa o lado católico da fé – assista – Driving Lessons é uma crítica à hipocrisia religiosa. O filme começa com Ben (Rupert Grint) entregando comida à idosos pela vizinhança – provavelmente algo a sua mãe o obrigou a fazer. É então que somos apresentados à mãe (Laura Linney). De cara nós podemos perceber que ela é diferente.

Super religiosa, Laura (que também é o nome da personagem) se mostra também controladora. Impulsivamente ela precisa estar no controle da situação o tempo todo. Ela faz, o que em inglês seria chamado de Pareting by guilt – ela sempre se coloca como vitima de uma situação, assim Ben sempre atende os desejos dela. Já o pai de Ben é um pastor. Ele é menos fanático e parece entender o garoto, que – como disse minha amiga Mione – é a pessoa mais pessimista do mundo. Ele não é feliz. Ele não sabe o que é felicidade. Ele adora poesias e quando finalmente cria coragem para recitar um para um menina da Igreja na qual ele tem uma paixão, ela o acha estranho (no final ele da a volta). Todo e qualquer aspecto de sua vida foi defino por sua mãe. Ele não tem vida…

…até conhecer Dame Evie Walton (Julie Walters). Maravilhosa. Julie Walter foi feita para o papel. Ela é a alma e o espírito do filme. Com ela você ri, chora, sente pena, fica louco e pensa em sua própria vida. Evie faz Ben ir para a viagem de sua vida, onde ele começa a beber, xingar (lot’s of shits and fuck offs) e até perder a   virgindade.

Porém, o que realmente pega é o final inesperado. Ali, logo ali no final você entende o que Jeremy Brook quis dizer. A hipocrisia religiosa. O fato de pessoas usarem o nome de Deus em vão, a ação de justificar ações com o nome de Deus. O fato de Deus ser responsável por tudo e todos.

Aliás… Lições de Vida é o nome perfeito para o filme em português. Não uma lição de moral, porque Evie não tem moral alguma… é mais um tapa na cara.

EU MAIS QUE RECOMENDO.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: